Buscar
  • fre082

Lei das "sacolinhas" em SP: o que pensamos a respeito?



Considerando o que já foi feito no país em relação à legislação tratando da utilização desenfreada de sacolas descaratáveis principalmente pelo comércio, consideramos a lei das "sacolinhas" de SP um avanço, porém a ser aprimorado.

Trata-se de um bom passo pois "conscientiza" via o bolso" do consumidor sobre a etapa final de suas compras: é o cidadão podendo claramente decidir se vai pagar a mais ou não para acondicionar e levar para casa suas compras. Você passa a considerar aquela embalagem como um produto em si pois paga por ela (ao contrário do que acontecia antes, quando o custo da sacolinha já estava embutido nos produtos); e naturalmente ao considerar que, primeiramente, a sacolinha irá rapidamente para o lixo, segundo que vc ja tem milhares em casa e que, finalmente, a vida anda dificil, isto é, seu dinheiro nao é capim....., vc pensa... e pode esolher diferente. E então, pode realizar que trazer a sua sacola durável de casa ou ainda adquirir uma sacola reutilizavel, ecologica, posta à venda no Mercado, é algo mais proveitoso e adequado ao meio ambiente.

Este pensamento e ação são sustentáveis e atuais! Esta legislação em vigor em SP ja é adotada em varios paises pelo mundo, especialmente na Europa e alguns estados dos EUA. Existe uma lógica e uma engenharia mercantil por trás disto é claro, mas os benefícios à sociedade são igualmente alardeados como o aumento da reciclagem de resíduos e a provável reduçao dos custos do produto adquirido.

No entanto, pairam perguntas pertinentes à implementação à logística e à eficácia da legislação. Dúvidas do tipo:

1) Haja visto que as sacolinhas são feitas com até 51% de polimero vegetal de cana-de-açucar, existe um dimensionamento para saber se em breve haveremos de plantar p/ produzir embalagens ao invés de plantar para comer? Lembro que consumimos no Brazil aproximadamente 1,5 milão de sacolinhas por hora ! (http://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/producao-e-consumo-sustentavel/saco-e-um-saco/saiba-mais).

2) O consumidor vai efetivamente fazer a parte dele? A de separar o lixo em casa e corretamente destiná-lo na sacolinha de cor correta? Trata-se do entendimento e fomento de educação ambiental de maneira geral. sabemos muito bem que não basta somente atuar no bolso das pessoas.

3) O lixo separado vai realmente ser coletado separadamente e alimentar a industria de reciclagem? É o problema todo da logística e as suas várias etapas.

4) Como será aferido e administrado os ganhos advindos deste sistema? Retornará transparentemente p/ a sociedade?

5) e outras....

Com as devidas alterações e melhorias advindas da prática efetiva analisada, ponderada e retro-alimentada, esta legislação poderá ser a porta de entrada para uma lai mais abrangente e federal.

Mas sera que e isto realmente acontecerá como deve ser feito?

Aqui passamos a considerações de cunho mais politico e ideologico....

Use Sacolas Reutilizáveis e faça consumo consciente !

#leidassacolinhas

5 visualizações

 (21) 2523-4541 

 (11) 3280-1126     

 (21) 99231-6962

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

RECEBA NOSSAS OFERTAS ESPECIAIS E AVISOS DE CHEGADA DE COLEÇÕES

© 2005 -2020  ÂNIMA VERDE. CSIE Ltda - CNPJ:  12.123.245/0001-95 - Todos os direitos reservados